Cidades alemãs podem proibir veículos movidos a diesel para reduzir poluição atmosférica


A decisão pode incentivar os esforços para implementar restrições similares em toda a Europa.

Foto: Autocar

O tribunal disse que as cidades de Stuttgart e Düsseldorf, que são alguns dos locais com os maiores índices de poluição atmosférica da Europa, possuem autoridade para impor proibições limitadas que impedem a movimentação de alguns carros no centro da cidade. Mas quaisquer medidas devem ser equilibradas.

Stuttgart é a cidade natal da marca Mercedes-Benz, da Daimler, e da marca Porsche, da Volkswagen. Düsseldorf e seu entorno também são um centro de produção de veículos.

Dorothee Saar, chefe de transporte e qualidade do ar do grupo ambiental DUH, afirma que as proibições podem ocorrer neste ano. O grupo tem pressionado o tribunal a autorizar as proibições de diesel para combater a poluição atmosférica, informa a CNN.

“Esta decisão oferece um esclarecimento legal de que as restrições de diesel são legalmente permitidas e inevitavelmente dominarão todo o país”, ressaltou Ugo Taddei, advogado ambiental da ClientEarth, que trabalhou no caso.

O ministro dos transportes de Stuttgart, Winfried Hermann, informou que os planos locais de limpeza atmosférica seriam revisados imediatamente e poderiam ter restrições quanto a veículos altamente poluentes. O tribunal disse que Stuttgart também deve refletir sobre restrições de veículos movidos a gasolina que não correspondem a alguns padrões de emissões.

O ministério do meio ambiente da região de Düsseldorf informou que tem explorado  outras estratégias para melhorar a qualidade do ar e evitar proibições de veículos a diesel.

A Volkswagen, a BMW (BMWYY) e a Daimler se prepararam para novas restrições relacionadas ao diesel devido à crescente preocupação pública com a poluição atmosférica e seus efeitos negativos para a saúde. O público ficou indignado ao saber que a Volkswagen falsificou testes de emissões de diesel, permitindo que seus veículos emitissem altos níveis de óxido de nitrogênio.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

COVARDIA

CRUELDADE

PROTEÇÃO ANIMAL

ALERTA

VITÓRIA

INVESTIGAÇÃO

FLÓRIDA

JAPÃO

AVANÇO


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>