Emma Watson usa roupas veganas de Stella McCartney em capas da Vogue


A atriz Emma Watson, conhecida por sua preocupação humanitária e seus hábitos de consumo conscientes, apareceu nas últimas capas da revista Vogue usando roupas veganas da estilista Stella McCartney.

Foto: Livekindly

Watson aparece em ambas as capas alternativas da revista Vogue Australia na edição de Março de 2018, que ela compartilhou com seus seguidores no Instagram. Watson também atuou como editora convidada na edição que discute a sustentabilidade e o futuro.

Em seu post no Instagram, a atriz escreveu que estava orgulhosa em participar da edição da Vogue.

Embora não existam regulamentos sobre o uso do termo “moda sustentável”, muitas vezes isso significa uma dependência de tecidos como algodão orgânico ou bambu, utilização da agricultura regenerativa, materiais reciclados e, em muitos casos, a abstenção de subprodutos animais.

Além de cruéis, o couro, a lã, pelos, peles e as penas de animais são menos sustentáveis que as alternativas veganas. A exploração animal é uma das principais contribuintes para os gases de efeito estufa e alguns processos como a indústria do curtimento do couro, também representam graves perigos para o meio ambiente e a saúde humana.

Stella McCartney também anunciou as capas da revista no Instagram. “@EmmaWatson usa Stella em ambas as capas da edição de março de 2018 da @VogueAustralia fotogradada por @therealPeterLindbergh. Emma também editou a reportagem ‘Construindo o futuro’, que se concentra na sustentabilidade dentro da indústria da moda”, escreveu.

Esta não é a primeira vez em que Emma Watson promoveu a sustentabilidade na moda. Em 2016, a atriz usou um vestido feito com garrafas de plástico recicladas na Met Gala. Emma compartilhou uma mensagem sincera no Facebook que incluiu uma mensagem inspiradora de mudanças. “O plástico é um dos maiores poluentes do planeta. Conseguir reutilizar esse desperdício e inclui-lo em meu vestido para o #MetGala prova o poder que a criatividade, a tecnologia e a moda podem ter quando atuam juntos”, disse.

Ela também criou uma conta no Instagram dedicada a compartilhar a moda sustentável e produzida de maneira ética e o perfil já possui mais de meio milhão de seguidores.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

VIDAS PERDIDAS

DEDICAÇÃO

SOFRIMENTO EMOCIONAL

DOÇURA

AÇÃO HUMANA

JAPÃO

FINAL FELIZ

POLUIÇÃO SONORA


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>