CONTEÚDO ANDA

Ovelhas mortas são abandonadas em fazenda na Inglaterra

Os proprietários Kevin Hancock e Rachel Nyland, se declararam culpados pelos crimes contra os direitos animais.

97

14/02/2018 às 19:30
Por Tatiana Maria, ANDA

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Foto: Reprodução

Dois fazendeiros da Gloucestershire, condado localizado na região Sudoeste da Inglaterra, foram multados em 2.000 euros por abandonarem vários corpos de ovelhas mortas em sua propriedade.

Os proprietários Kevin Hancock e Rachel Nyland, se declararam culpados pelos crimes contra os direitos animais.

Os agentes da saúde animal do país, que foram alertados para a situação por um membro morador da região, encontraram cadáveres apodrecidos de ovelhas na terra cultivada pelo casal.

As acusações contra eles foram pela falta de descarte do corpo das ovelhas e pela inexistência de registros sobre a origem e existência dos animais.

O oficial que investigou a denúncia encontrou no local, vários corpos de ovelhas mortas abandonadas pela fazenda. Entre elas, uma estava sob um carrinho de mão e outra em um saco de lã aberto.

O proprietário recebeu um aviso formal exigindo que ele descartasse os cadáveres até as 5 horas do dia seguinte, mas ele não conseguiu fazê-lo.

Segundo o serviço de conselho municipal de Gloucestershire, as ovelhas mortas eram um risco de doença para pessoas e animais selvagens.

O presidente do tribunal sentenciou o casal a uma pena condicional de 18 meses e o pagamento 1.000 euros cada um para os custos incorridos pela negociação, bem como uma sobretaxa de 21 eutos por vítima.

De acordo com o oficial do Conselho, Nigel Moor: “Este é um excelente resultado para nossa equipe e deve servir como um aviso aos outros de que não toleraremos essas violações”.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.