Alternativas vegetais reduzem consumo de leite de camelo


Divulgação

As vendas do leite de camelo estão estagnadas. De acordo com relatório da TechNavio, Agência de Pesquisa de Mercado do Reino Unido, o aumento do consumo de produtos não-lácteos é crescente. “Leites alternativos, à base de soja, amêndoa e coco são uns dos maiores competidores do leite de camelo”.

Há poucos anos, a comercialização do leite de camelo cresceu por não conter lactose, substância que provoca intolerância em aproximadamente 65% da população mundial. Popularizou-se na Austrália, e logo se estendeu pelo Kenya e Etiópia. Ainda assim, opções totalmente veganas continuam disputando o mercado.

O relatório afirma que veganos e pessoas que ainda têm alergias a outros componentes dos leites mantém suas opções e são os principais consumidores. “Leites à base de plantas ainda têm menos  colesterol e menos gorduras. Têm propriedades medicinais, aumentam a qualidade de vida e consciência entre os compradores que exigem uma demanda cada vez mais alta dos produtos”

Além disso, leites tradicionais não são os únicos produtos que estão sendo substituídos e ameaçados no mercado. Outros relatórios mostram que basear o estoque em carnes, leites e derivados pode ser bastante perigoso. O consumo de vitela é crescente e o veganismo é o responsável. “O crescimento do veganismo se deve a diversos fatores, dentre eles está o crescimento de uma população mais ética e de campanhas contra os maus-tratos animais”.

Os produtores de leite de vaca estão se sentindo igualmente amedrontados pelo crescimento do veganismo. Atualmente, a Austrália é o terceiro maior mercado de veganos no mundo. A diretora de marketing e comunicação da Meat & Livestock Australia, Lisa Sharp reconhece, inclusive as necessidades de adaptação; “vemos mudanças nos padrões de consumo”.

 


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

ESTADOS UNIDOS

FEBRE AMARELA

REVERSÃO

FINAL FELIZ


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>