Estado Unidos proíbe a caça do urso-cinzento


Foto: Reprodução

O Departamento de Peixes, Vida Selvagem e Parques de Montana (FWP), dos Estados Unidos, anunciou que recomenda a proibição da caça de urso-cinzento (ursus arctos horribilis) na parte sudoeste do estado neste ano, mas não retira ainda sua participação na morte discriminada, por consequência do acordo com os estados de Wyoming e Idaho.

Segundo informações divulgadas pela FWP, esta questão será debatida entre os estados norte-americanos durante uma reunião agendada para esta semana.

Os urso-cinzento foi removido da lista de espécies ameaçadas de extinção no ano passado, após um esforço de 40 anos.

Parte do processo de recuperação foi devido a um acordo sobre o gerenciamento de ursos maiores no Parque Nacional de Yellowstone, entre os três estados.

Além de aprovarem individualmente uma estrutura para a temporada de caça ao urso-galinha, o acordo entre Idaho, Montana e Wyoming delineou como a mortalidade da caça seria dividida entre cada estado: Wyoming, que tem o maior habitat dentro da área protegida, receptaria o máximo, seguido por Montana e Idaho.

De acordo com a diretora da FWP, Martha Williams, que afirmou consistentemente que o estado de Montana não permitirá mais a caça dos ursos, disse em um comunicado: “Continuamos a trabalhar duro para responder de forma proativa e suportar os conflitos, para assim, poder ensinar pessoas e comunidades de todo país a ter mais consciência”.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

ASFIXIA

ATO DE AMOR

GENEROSIDADE

MOÇAMBIQUE

ÍNDIA

MINAS GERAIS

ESTUDO

CONSUMO CONSCIENTE

PROTEÇÃO


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>