Ex-lutadora profissional decide adotar o veganismo


Coyle inicialmente removeu os produtos animais da sua alimentação em Janeiro, mas revelou no Twitter que continuaria com os novos hábitos indefinidamente.  “Hoje faz, oficialmente, 30 dias de comidas à base de vegetais. Eu mal posso acreditar no quão fácil tem sido. Definitivamente aderindo a isso”, disse.

Foto: Reprodução, VegNews

Coyle deixou o WWE em 2017 para focar na sua carreira de modelo fitness, designer de moda e atriz. Seu companheiro e lutador Austin Aries se tornou vegano em 2012 e recentemente escreveu o livro “Food Fight: My Plant-Powered Journey from the Bingo Halls to the Big Time”, informou a VegNews.

 

 

 

 

 


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

DESUMANIDADE

AGRESSÃO BRUTAL

INDÚSTRIA CRUEL

ECONOMIA

AMEAÇA DE EXTINÇÃO

ACIDENTE

CRUELDADE


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>