Pampas Safari: desembargadores suspendem liminar que proibia extermínio de cervos


A liminar que proibia o extermínio dos cervos do Pampas Safari foi derrubada por desembargadores da 21ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul (TJ-RS). Cabe recurso à decisão em instância superior.

(Foto: Tycho B. Fernandes)

O parque, que está localizado em Gravataí, no Rio Grande do Sul, está envolvido em um impasse com relação aos cervos desde agosto do ano passado, quando os proprietários do local decidiram matar os animais sob a alegação de que eles estavam com tuberculose. Os laudos que apresentaram o resultado dos exames feitos nos cervos, entretanto, não detectaram a doença. Na época, 20 animais – entre eles, quatro fêmeas grávidas -, foram mortos, o que gerou revolta em ativistas.

Em rede social, a deputada estadual Regina Becker Fortunati, que ajuizou ação popular que tramita na 16ª Vara Cível do Fórum Central de Porto Alegre contra o extermínio dos cervos, afirmou que o que foi decidido pelos desembargadores “não significa que os proprietários do Pampas estão autorizados a sacrificar os cervos, porque ainda está pendente de julgamento na primeira instância”.

“Mesmo depois da sentença, existem recursos à instância superior. Até o esgotamento das possibilidades jurídicas e legais, os cervos não poderão ser abatidos”, disse Regina. “Reafirmo que farei tudo para que isso realmente aconteça. São as ações que têm mantido a vida dos animais”, completou.

Nas próximas semanas, segundo a deputada, será realizada uma audiência pública chamada pelo Poder Judiciário. “Nossas vitórias nesse caso são escassas. Mas a Justiça quer ouvir a sociedade. Certamente, a rede de proteção estará presente na audiência pública, pois a luta é árdua e de todos e não desistiremos. Nosso combate é pelo bem maior, que é a vida”, concluiu.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

DESMATAMENTO

BARBÁRIE

PRESSÃO INTERNACIONAL

INVOLUÇÃO

UNIÃO

PREVENÇÃO

"AQUECIDOS"


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>