Camada de ozônio não mostra recuperação em áreas populosas do planeta


O fato preocupante está em um relatório que afirma que, enquanto o ozônio está se recuperando sobre a Antártica, ele diminuiu em latitudes mais baixas.

Foto: Alphr

Após a descoberta de que produtos químicos artificiais prejudicam drasticamente o ozônio global, o Protocolo de Montreal de 1987 foi estabelecido para eliminar os clorofluorocarbonos (CFCs). Foi amplamente reconhecido que as ações foram um sucesso e o protocolo de 31 anos resultou na recuperação em regiões onde o ozônio tinha sido mais prejudicado, acima da Antártica.

Porém, este êxito pode não ser tão abrangente. O estudo, publicado na Atmospheric Chemistry and Physics ressalta que a parte inferior da camada de ozônio tem caío, o que é particularmente preocupante para regiões povoadas em torno do Equador. Segundo o Alphr, essas regiões têm uma luz solar mais forte e a diminuição do ozônio gera menos proteção contra os raios UV que causam câncer.

“O ozônio tem diminuído globalmente desde os anos 80, mas enquanto a proibição de CFCs está provocando uma recuperação nos polos, o mesmo não parece ocorrer em latitudes mais baixas” diz Joanna Haigh, coautora da pesquisa.

O motivo do declínio do ozônio nas latitudes mais baixas é desconhecido. Os pesquisadores  acreditam que pode ser causado pelo uso de produtos químicos com cloro e bromo conhecidos como substâncias de curta duração (VSLSs), utilizadas em removedores de tintas e solventes. Outra razão pode ser a mudança de um padrão de circulação atmosférica decorrente das mudanças climáticas, que faz com que mais ozônio seja carregado dos trópicos.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

PROGRESSO

GANÂNCIA

DESTRUIÇÃO AMBIENTAL

COREIA DO SUL

VEGANISMO

PRESSÃO PÚBLICA

RESILIÊNCIA

RECOMEÇO

FINAL FELIZ


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>