Príncipe Charles diz que o mundo ignorou a poluição plástica nos oceanos


 

Foto: David Parker/Daily Mail/PA Wire

O herdeiro do trono disse que há muito tempo possui uma “profunda frustração” com a falta de ação sobre a a quantidade de plástico nos oceanos, mas acrescentou que se sente feliz em ver um crescente nível de preocupação.

Dirigindo-se a ambientalistas e empresários em Londres, na Inglaterra, ele declarou: “Nos últimos anos, a consciência e a ciência sobre os impactos negativos dos resíduos plásticos no nosso oceano cresceram significativamente”.

“Sei que muitos de vocês compartilham minha profunda frustração de que o mundo aparentemente parecia fechar os olhos para essa evidência crescente. Felizmente, o nível de preocupação mudou, não somente por causa de seus esforços”, completou.

O Príncipe Charles fez o discurso na International Sustainability Unit at the British Academy, que ele criou em 2010 para ajudar a lidar com questões ambientais como mudanças climáticas, desmatamento e saúde marinha, informa o Sky News.

“O pesadelo resultado de oito milhões de toneladas de plástico entrando no oceano todos os anos deve piorar ao invés de melhorar. Não podemos permitir que esta situação continue”, ressaltou.

O príncipe Charles é conhecido por seu trabalho em questões ambientais e tem falado sobre suas preocupações com a poluição plástica desde o início da década de 1970.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

CRIME AMBIENTAL

ABERRAÇÃO LEGISLATIVA

EXEMPLO

CICLOVIA RIO PINHEIROS

ESTRESSE

RESILIÊNCIA

BRECHAS LEGAIS


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>