Desembargadora volta atrás e determina partida de navio com 25 mil animais


Após ter negado ontem o pedido da empresa MINERVA FOODS, a Desembargadora Diva Malerbi, do Tribunal Federal Regional da 3a. Região (SP), alterou sua decisão em atendimento a petição da Advocacia-Geral da União, e determinou a partida imediata do navio NADA, atracado no porto de Santos e embarcado com cerca de 25 mil bezerros.

O destino dos animais é o abate para consumo humano na Turquia.

Por volta do meio-dia, o Deputado Federal e ex-prefeito de Santos, Beto Mansur (PRB), esteve no interior do navio e afirmou à imprensa que os animais encontravam-se em “boas condições”, apesar de admitir que os bois estavam sujos de fezes e urina. O odor de esterco exalado pelo parlamentar, aliás, denunciava a situação do interior da embarcação.

Ali mesmo do porto, o parlamentar, que é vice-líder o governo na Câmara e membro da bancada ruralista, entrou em contato com o Ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Blairo Maggi (PP), o qual reuniu-se durante a tarde com o presidente Michel Temer (PMDB) para discutir a suspensão da exportação de gado vivo em todo território nacional, determinada pelo Juiz Federal Djalma Moreira Gomes.

Hoje, centenas de ativistas realizaram, em frente ao porto de Santos, ato contra a exportação de gado vivo no país.

Durante a tarde, advogados animalistas registraram Boletim de Ocorrência por maus-tratos e desobediência de ordem judicial e peritos da Polícia Civil vistoriaram o navio. Até a conclusão desta matéria, não havia notícia da conclusão da perícia.

Além do grande retrocesso para os Direitos Animais, a reviravolta no caso evidencia ainda mais a forte influência dos pecuaristas em todas as esferas de poder, em defesa de interesses escusos e à margem de critérios técnicos ou jurídicos.

Apesar do revés, a decisão abrange apenas o navio NADA, mas mantém a vigência da suspensão dos embarques de carga viva nos portos brasileiros.

Leia a íntegra da decisão que selou o fim dos animais.

 


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

ESTUDO

IRRESPONSABILIDADE HUMANA

DESTRUIÇÃO

INCONSCIÊNCIA

CHIPRE

VIDA NOVA

REFLEXÃO

VISIBILIDADE


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>