Comediante Adam Sank se torna vegano para proteger os animais


“Mais ou menos três anos atrás, eu estava fazendo arroz com frango, um dos meus pratos favoritos que a avó cubana do meu ex-namorado me ensinou a fazer do zero. Estava fazendo isso e me senti tão mal no processo”, explicou.

Foto: VegNews

Depois deste incidente e com a compreensão que obteve com o romance de Gillian Flynn, “Sharp Objects” , (que descreve os maus-tratos de porcos em fazendas), Sank decidiu se tornar vegetariano.

Em Agosto, ele assistiu o documentário “What the Health” e percebeu a conexão entre o consumo de produtos animais e o surgimento de doenças. “Foi o empurrão final do vegetarianismo para o veganismo porque, pela primeira vez, eu não apenas ouvi os argumentos éticos, mas todos os argumentos de saúde de forma alta e clara”. disse.

Sank, que foi diagnosticado com HIV em 2004,  aprendeu com  seus amigos que há alternativas aos produtos animais e diz a eles que está prosperando com a mudança de hábitos, revela a VegNews.

“Eu estou colocando veneno no meu corpo ao comer ovos, laticínios e todos esses produtos animais dos quais sempre ouvimos, desde o nascimento, que eram realmente saudáveis e necessários para nós, mas essa indústria alimentícia não tem interesse nenhum em saúde e está aí só para ganhar dinheiro”, ressaltou.

Sank terminou o clipe preparando uma comida vegana tailandesa para um amigo, um método de ativismo que ele acredita ser efetivo ao mostrar às pessoas que viver sem produtos animais não é difícil.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

CONSERVAÇÃO

MUDANÇAS CLIMÁTICAS

MAUS-TRATOS

HABITATS DESTRUÍDOS

OMISSÃO

ECONOMIA CIRCULAR

DEDICAÇÃO

TECONOLOGIA


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>