CONTEÚDO ANDA

Reino Unido proíbe microesferas de plástico para proteger animais marinhos

A proibição das microesferas de plástico entrará em vigor no Reino Unido. Microesferas são pequenos pedaços de plástico utilizados em cosméticos e outros produtos como esfoliantes, cremes dentais e géis para banho

358

12/01/2018 às 09:00
Por Redação

Porém, são muito prejudiciais para animais e para o meio ambiente, já que entram nos oceanos e são engolidos por peixes e outras espécies marinhas.  Agora, os fabricantes não poderão mais adicionar o material em produtos de higiene, informa o Metro.

Foto: Yui Mok/PA Wire

Uma nova proibição da venda de produtos contendo microesferas entrará em vigor no final do ano, segundo o governo. A ministra do Meio Ambiente, Therese Coffey, disse: “Os mares e os oceanos do mundo são alguns dos nossos bens naturais mais preciosos e estou determinada a agir agora para combater o plástico que devasta a nossa preciosa vida marinha”.

Sue Kinsey, autoridade da Marine Conservation Society, informou que esta seria a proibição mais forte e abrangente em relação às microesferas no mundo. “Acreditamos que isto sinaliza um compromisso real por parte deste governo para limpar nossos mares e praias e espero que este seja um primeiro passo neste caminho antes de ver novas medidas para combater o desperdício de plástico”, afirmou.

Mary Creagh, presidente do Comitê de Auditoria do Meio Ambiente, também elogiou a proibição, mas disse que é preciso agir mais para combater a poluição plástica.