Acusado de esquartejar um cão e esfaquear outro deve ser multado em R$ 6 mil


Um cão foi esquartejado e outro esfaqueado no pescoço em Vila dos Sonhos, no município de Trindade, a 18 quilômetros de Goiânia, em Goiás. O agressor, Pedro Henrique Moreira, de 19 anos, foi preso em flagrante e confessou o crime.

Pedro Henrique esquartejou um cão e esfaqueou outro (Foto: Divulgação)

Na delegacia, Pedro foi autuado por maus-tratos a animais e, após prestar depoimento, foi liberado.

O agressor alegou ter praticado o crime brutal porque um dos cães havia entrado em sua casa e mordido um cachorro tutelado por ele. As informações são do portal Diário do Estado.

Dois dias depois, os policiais retornaram à residência do agressor para ouvir testemunhas e conversar com Pedro. No entanto, ninguém foi encontrado. É o que afirma o delegado Luziano Carvalho, da Delegacia Especializada em Meio Ambiente (DEMA).

A pena para o crime, previsto na Lei de Crimes Ambientais, é de 3 meses a um ano de detenção e multa. A detenção, entretanto, é convertida em multa de R$ 3 mil por animal ferido – o que, neste caso, por se tratar de dois animais, pode gerar multa de R$ 6 mil – e prestação de serviços à comunidade.

A crueldade cometida por Pedro contra os dois cachorros revoltou moradores da região onde o agressor vive.

Nota da Redação: é urgente que as leis que penalizam crimes contra animais sejam revistas para que agressores de animais, que muitas vezes cometem crimes brutais, sejam rigorosamente penalizados. É inaceitável que um cachorro seja morto e esquartejado e outro receba um golpe de faca no pescoço e o responsável pelo crime não só seja liberado como também tenha como possibilidade de punição apenas uma multa. Porém, é necessário não só criar leis mais rígidas, como também haver políticas públicas que promovam campanhas de conscientização acerca dos direitos animais para que crimes sejam evitados.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

VEGANISMO

PRESSÃO PÚBLICA

RESILIÊNCIA

RECOMEÇO

FINAL FELIZ

RECIFE (PE)

RECOMEÇO

CONSCIÊNCIA


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>