Morador do DF faz casas de papelão para cães abandonados há 3 anos


Cachorro observa Ubiratan Coelho enquanto fabrica casinha para animais de rua no Distrito Federal (Foto: TV Globo/Reprodução)

Um morador do Distrito Federal constrói casas de papelão para animais abandonados há três anos. Duas vezes por mês, Ubiratan Coelho distribui os abrigos no Recanto das Emas e Gama. Em cada um, ele também deixa um potinho com ração e outro com água. Tudo feito com dinheiro do próprio bolso.

As casinhas são deixadas, principalmente, em paradas de ônibus e próximo a locais onde os animais costumam buscar abrigo à noite ou quando chove. Para evitar que o vento leve o papelão, Coelho amarra tudo com um barbante.

Ubiratan Coelho deixa casinha de papelão para animais de rua em parada de ônibus no Distrito Federal (Foto: TV Globo/Reprodução)

Segundo ele, tudo começou quando um cachorro machucado apareceu na porta de casa. Com pena do animal, mas sem poder adotá-lo, Coelho decidiu construir uma casinha para ele. Pegou papelão e sacos plásticos e fez a primeira. Desde então, a casa da família está sempre cheia de materiais recicláveis.

“Os animais precisam muito dessa ajuda. O ser humano tem ajuda do governo, mas o animais ficam largados”, disse Coelho à reportagem. “É um dinheiro que sai da minha aposentadoria, mas faço com amor.”

Ubiratan Coelho deixa casinha de papelão para animais de rua em parada de ônibus no Distrito Federal (Foto: TV Globo/Reprodução)

A mulher dele, Alice Souza, disse à reportagem que se incomodava com a bagunça no começo. Hoje, ela acredita que ajudar os animais abandonados compensa o esforço. “Vale a pena, porque a gente vê muitos na rua, na chuva. Ele vai pro Gama e quer parar no caminho pra colocar ração.”

Ajuda

Para ajudar o trabalho de Ubiratan Coelho, quem puder doar papelão, ração e outros materiais, como potes de plástico e barbante, pode ligar no (61) 99106-2131.

Casinha de papelão feita por morador do Distrito Federal para abrigar animais de rua (Foto: TV Globo/Reprodução)

Fonte: G1


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

MAUS-TRATOS

DEBILITADO

DECISÃO JUDICIAL

INSPIRAÇÃO

DENÚNCIA

MUDANÇAS CLIMÁTICAS

RETROCESSO

RESPONSABILIDADE

SOLIDARIEDADE


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>