Gênova autoriza funcionários a levarem cães ao trabalho


Dex Images/CORBIS

Prefeitura de Gênova, na Itália, aprovou uma medida que permite que funcionários públicos da Secretaria de Cultura levem seus animais domésticos para o trabalho.

A informação foi divulgada pela assessora de Cultura da cidade italiana, Elisa Serafini, e já está em vigor. A partir de agora, os animais poderão acompanhar os seus tutores no Palácio Ducale durante todo o horário de expediente. A própria assessora levará seu cachorro, Benji, todos os dias ao escritório.

“Levar o cachorro ao trabalho melhora o clima entre os colegas e estimula os companheiros a não correrem para casa e levarem o cachorro para passear”, disse Serafini. A condição porém, é clara: Eles  não podem causar problemas. Se algum empregado tiver reação alérgica ao animal, ou medo, os cachorros não estão mais autorizados a entrar.

Para Serafini, “a medida torna mais simples a vida de quem adota um cachorro ou outros animais e, em geral, levará a uma maior motivação para a adoção” Em Gênova, as pessoas também podem portar levar seus animais a museus e ao Palazzi dei Rolli.

Fonte: Época


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

ASCENSÃO

GRATIDÃO

INDEFESAS

VIDA NOVA

ETERNIZADO

AÇÃO SOCIAL

AMOR


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>