Youtuber visita santuário e alimenta cervo com comida industrializada


O youtuber Whindersson Nunes visitou o Phoenix Park – um parque de conservação de cervos localizado em Dublin, na Irlanda – e publicou imagens nas quais é possível vê-lo desrespeitando as regras do local e colocando em risco a vida dos animais.

(Foto: Reprodução / Instagram)

Por funcionar como um santuário que tem o objetivo de reproduzir cervos para preservar a espécie, o parque tem rígidas normas que determinam que os visitantes não se aproximem dos animais e também não os alimentem.

No Instagram, Whindersson publicou um vídeo em que fica próximo dos cervos, infringindo a norma do Phoenix Park. Ele atrai um deles com a mão fechada, fingindo que segura um alimento. Quando o cervo se aproxima, ele faz um gesto obsceno com o dedo para o animal.

Não satisfeito, o youtuber decide alimentar um cervo. Em um foto publicada por ele, é possível vê-lo sentado em um banco ao lado da namorada, com um pacote de comida industrializada em uma das mãos, que é oferecido ao cervo. “Um animal sendo alimentado”, diz a legenda da publicação.

O ato de alimentar um animal silvestre, especialmente com alimento industrializado, é proibido pelo parque devido aos riscos que pode trazer para a saúde do animal, que pode adoecer.

Ativistas acionaram os guardas do parque – que enviaram uma advertência ao nome do youtuber, mas não o encontraram no local devido a grande extensão territorial do Phoenix Park -, e se uniram para enviar e-mails ao superintendente do santuário solicitando que Whindersson se retratasse publicamente.

A atitude do youtuber não só é reprovável por ter quebrado as regras do parque e colocado os animais em risco, mas também pelo incentivo gerado pelas publicações feitas por ele. Isso porque Whindersson é uma pessoa influente que, com mais de 17 milhões de seguidores no Instagram, é responsável por formar opiniões e reforçar comportamentos que, neste caso, agridem a vida selvagem.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

CRUELDADE

AMOR

EMPATIA

AMOR

CRUELDADE

CHINA

FINAL FELIZ

POLUIÇÃO

COMPAIXÃO


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>