ONG pede ajuda para custear tratamento de gato ferido com água quente


Um gato que vivia em situação de rua foi encontrado gravemente ferido em Santa Cruz do Sul (RS). Após ser resgatado e examinado, foi constatado que ele havia sido ferido com água quente. Retirado das ruas no final de agosto do ano passado, ele segue em tratamento médico até hoje e, por isso, a entidade que o resgatou pede ajuda para conseguir arcar com os gastos.

Curativo e colar são usados no tratamento da ferida (Foto: Reprodução / Instagram / ONG Protetores de Santa Cruz do Sul)

Alok, como passou a ser chamado, foi resgatado pela ONG Protetores de Santa Cruz do Sul. Ele foi levado para a Clínica Vitalis, onde permaneceu até ser encaminhado a um lar temporário, de onde fugiu. O gato ficou desaparecido por um mês e quando foi encontrado estava magro e ainda mais machucado. Novamente resgatado, ele voltou para a clínica veterinária, onde permanece há mais de três meses.

A voluntária Francine Camara Kaercher conta que os curativos de Alok são trocados todos os dias e que ele é mantido com um colar elisabetano no pescoço que o impede de lamber os ferimentos. Ela conta que os gastos com a internação do gato, sem incluir os valores relacionados aos medicamentos, já alcançam os R$ 3 mil. As informações são do portal GAZ.

Alok foi ferido com água quente (Foto: Reprodução / Instagram / ONG Protetores de Santa Cruz do Sul)

“Não temos recebido muita ajuda para o Alok. Quem não quiser só doar dinheiro, pode adquirir os produtos da ONG também. São várias formas de ajudar”, comentou Francine.

“Estamos desesperados”, publicou a ONG no Facebook, por meio do qual divulgou contas bancárias para que doações pudessem ser feitas. Além disso, pontos de arrecadação de recursos para o tratamento do gato foram descritos na publicação para os moradores de Santa Cruz do Sul que tenham interesse em contribuir.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

CRUELDADE

AMOR

EMPATIA

AMOR

CRUELDADE

CHINA

FINAL FELIZ

POLUIÇÃO

COMPAIXÃO


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>