RJ explora gaviões e cães para espantar aves e evitar acidentes aéreos


O Aeroporto Internacional do Rio de Janeiro – Galeão – Antônio Carlos Jobim explora aves de rapina e cachorros para afugentar ou capturar aves que podem colidir com as aeronaves.

(Foto: Divulgação)

Um mapeamento começou a ser feito nas cidades localizadas no entorno da Baía de Guanabara – como Duque de Caxias, Magé, Itaboraí, Niterói e São Gonçalo – para identificar a quantidade e os tipos de aves que sobrevoam a região, de acordo com informações divulgadas pelo portal IG.

A exploração de falcões e cachorros teve início em 2015. Desde então, os animais são impedidos de viver uma vida normal e são treinados para servir aos interesses humanos. Os cães, da raça pointer inglês, que deveriam viver de acordo com seus próprios propósitos, são exaustivamente adestrados para aprenderem a identificar ninhos, filhotes e corpos de animais mortos para que sejam recolhidos. Os gaviões, por sua vez, são privados da vida no habitat e obrigados a executar comandos para afugentar e capturar – sem matar – as aves, ao invés de viverem livres.

A prática exploratória conta com 15 profissionais de biologia e veterinária e com a autorização do Instituto Estadual do Ambiente (Inea) e do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama). Os especialistas e os órgãos, que deveriam proteger os animais, lamentavelmente os exploram.

Além disso, os gaviões também são vistos como mercadorias, já que eles advêm de um comércio de animais silvestres feito por criadores registrados pelo Ibama. O instituto, mais uma vez, autoriza a exploração animal, desta vez para reprodução e venda.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

ÍNDIA

RESGATE

ASFIXIA

NECROPSIA

SAUDADE

MAUS-TRATOS

FAMINTOS

SAÚDE


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>