CONTEÚDO ANDA

Gatinha prematura luta para sobreviver e emociona a todos

Esta pequena gatinha é nada menos que um milagre. Ela nasceu por meio de uma cesariana de emergência e foi o único da ninhada que sobreviveu

764

07/12/2017 às 06:40
Por Redação

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

A pequena estava determinada a viver apesar das dificuldades.

Foto: Chelsea Agley

Moxi nasceu prematura após sua mãe Kiki ter complicações durante o parto. Seus dois irmãos faleceram, mas Moxi se recusou a desistir. Com a ajuda de um doador, Kiki e Moxi foram salvos, mas o filhote quase não respirava e estava frio.

“Ela respirava a cada três segundos e estava gelada. Os dedos dos pés eram roxos, seu corpo estava flácido. Eu não achava que sobreviveria cinco minutos”, disse Chelsea Agley ao Love Meow.

Chelsea queria tentar todo o possível para salvá-la. Ela gentilmente massageou a gatinha com uma toalha, o que trouxa a vida de volta ao seu corpo minúsculo.

“Em poucos minutos, as coisas estavam mudando. Seus dedos roxos estavam se tornando rosados. Ela moveu a cabeça, sua respiração ficou mais rápida, seu corpo ficou mais quente e, finalmente, ela começou a me miar”, contou.

Moxi estava chorando e dizendo a todos que estava de volta e queria viver.

“Eu estava com medo de que sua luta não fosse suficiente, mas ela provou que eu estava errada, minuto a minuto”, disse Chelsea.

Foto: Chelsea Agley

Moxi era menor do que a palma da mão e pesava 82 gramas quando veio ao mundo.

Kiki não conseguiu amamentá-la na primeira noite e Chelsea teve que alimentar o bebê a cada duas horas. No dia seguinte, o instinto materno de Kiki agiu e ela amamentou Moxi. Apesar ser muito pequena, a vontade de viver da gatinha era imensa.

“Desde aquele dia, ela começou a prosperar e nos fazendo nunca desistir dela”, adicionou Chelsea.

Ela ficou cada vez mais forte a cada dia. Em apenas uma semana, ela começou a rastejar. Em três semanas, seus olhos se abriram e ela pôde ver pela primeira vez.

Foto: Chelsea Agley

Eles a apresentaram a seus amigos caninos e a pequeno Moxi conquistou o coração de todos.

Moxi cresceu e adora sua família. “Ela tinha vontade de viver desde o primeiro suspiro, mesmo antes de começar a melhorar, eu sabia que ela era uma lutadora”, concluiu a tutora.

A gatinha agora tem um mês. Apesar de um começo difícil, a pequena felina milagrosa continuou lutando para viver

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.