CONTEÚDO ANDA

Cães que seriam mortos para consumo humano são resgatados

Retirados de uma fábrica de carne na Coreia do Sul, 250 cachorros foram levados para abrigos nos Estados Unidos e Canadá.

760

06/12/2017 às 17:30
Por Redação

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Após o encerramento de uma fábrica de carne de cachorro, na Coreia do Sul, 250 cachorros que seriam covardemente mortos para consumo humano foram salvos. O resgate foi feito pela Humane Society International.

Com medo, filhotes ficam acuados no fundo de gaiola (Foto: Humane Society International)

Uma campanha da ONG que encoraja os coreanos a parar de consumir carne de cachorro e uma abertura cada vez maior ao Ocidente tem conscientizado a população da Coreia do Sul. Isso é reafirmado pelo proprietário da fábrica, que por conta própria decidiu fechar as portas e parar de matar cães para consumo.

“É um comércio no fim da vida. No passado, as pessoas comiam carne de cachorro porque não havia mais nada para comer. Mas, hoje, os jovens se recusam a comer. Isso é estranho para as pessoas”, afirmou Gong In-Young ao jornal Japan Times.

Duzentos e cinquenta cachorros que seriam assassinados foram resgatados (Foto: Humane Society International)

Ao tomar a decisão de não levar a atividade cruel adiante, In-Young acionou a Humane Society International na tentativa de encontrar um local para onde os cachorros pudessem ser levados, segundo informações divulgadas pelo portal Histórias com Valor. Com a chegada da ONG na fábrica, os cães foram transferidos para abrigos nos Estados Unidos e Canadá, onde esperam por adoção.

Na dor, todos são iguais

Assim como os cachorros sofrem nas fábricas de produção de carne na Coreia do Sul, bois, vacas, bezerros, porcos, galinhas, pintinhos e outros tantos animais são submetidos a imenso sofrimento no Brasil ao serem explorados, torturados e covardemente mortos para consumo humano.

Procedimento padrão: filhotes de porco são castrados sem anestesia (Foto: Mercy for Animals)

Na dor, todos eles são iguais. E assim como é simples para os brasileiros enxergarem o quão terrível é a prática de criar cachorros para depois tirar-lhes a vida, deve ser natural perceber que é inaceitável, por exemplo, triturar pintinhos vivos, realizar a castração de filhotes de porco sem anestesia, aprisionar porcas em gaiolas gestacionais e matar qualquer espécie animal, visto que para o assassinato não há justificativa.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.