Cachorros são covardemente envenenados em Londrina (PR)


Cachorros estão sendo envenenados na Vila Casoni, em Londrina, no Paraná. Os moradores do bairro se preocupam com os atos cruéis que têm sido cometidos contra os animais.

Chumbinho, colocado em salsicha para envenenar cães, tem venda proibida (Foto: Reprodução/Globo.com)

Os cães tutelados por Dona Maria já sofreram três tentativas de envenenamento. Um deles chegou a comer uma salsicha com chumbinho, mas foi socorrido a tempo e sobreviveu. “Eu tenho um medicamento guardado em casa, então apliquei na hora que vi”, disse.

Na casa de Dona Maria vivem 18 cães, com os quais ela se preocupa e, por isso, toma alguns cuidados na tentativa de protegê-los. “Fiz uma cerca no quintal. A partir das 18 horas fico no portão olhando quem passa aqui na frente”, afirmou.

O chumbinho tem venda proibida. Apesar disso, continua a ser usado. Silvana, também tutora de cachorros, tem fotos de uma salsicha com chumbinho que foi jogada no quintal de sua casa. “Assim que eles jogaram, meu marido percebeu e conseguiu resgatar antes que os cachorros pegassem”, disse.

Em uma única rua do bairro foram registrados cinco casos de envenenamento, o que fez com que os moradores colocassem câmeras no local. As informações são do Diário 24 h.

De acordo com a médica veterinária Helma Sodré, o chumbinho afeta o sistema nervoso do animal e age de forma rápida. “[O animal envenenado] pode apresentar excesso de salivação, além de tremores musculares e convulsões”, explicou a veterinária ao apontar os sintomas de envenenamento. “É necessário perceber alguns sintomas e administrar com remédios. Desta forma, a pessoa tentará fazer com que o animal reaja a esta intoxicação. Em seguida, o cão deve ser levado ao veterinário”, disse.

Envenenar animais é crime de maus-tratos e comprar chumbinho é considerado crime contra a saúde pública. Sendo assim, o responsável por um caso de envenenamento com chumbinho pode pegar até 15 anos de prisão.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

SOLIDARIEDADE

NOVOS LARES

RIO CLARO (SP)

EXTINÇÃO

VISIBILIDADE

CANADÁ


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>