Novo estudo revela que proteínas vegetais melhoram a saúde cardíaca


John Sievenpiper, do Hospital St. Michael’s, realizou uma meta-análise de 112 ensaios e descobriu que os níveis de colesterol em pessoas que consumiam de uma a duas porções de soja, nozes e feijão ao invés de proteína animal foram reduzidos em 5% em três semanas.

Foto: Art of Wellbeing

“Isso pode não parecer muito, mas como as pessoas na América do Norte consomem pouca proteína vegetal, há uma oportunidade real aqui de realizar pequenas mudanças em nossas dietas e perceber os benefícios para a saúde”, disse.

Já outra pesquisa publicada em 2016 na mesma revista científica revelou que pacientes com doenças cardíacas periféricas que consumiram produtos de origem animal, como carne e ovos, quase triplicaram seu risco de morte precoce, reportou a VegNews.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

VIDAS PERDIDAS

DEDICAÇÃO

SOFRIMENTO EMOCIONAL

DOÇURA

AÇÃO HUMANA

JAPÃO

FINAL FELIZ

POLUIÇÃO SONORA


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>