Zoo reabre após incêndio matar mamífero africano e quatro suricatas


 O Zoológico de Londres reabriu um dia depois de um incêndio matar quatro suricatas e um porco-formigueiro que haviam sido declarados como desaparecidos.

Foto: Associated Press

O estabelecimento disse em seu site que funcionará normalmente e que especialistas em incêndios estão confiantes de que o local pode operar com segurança.

O motivo do incêndio está sendo investigado. O incidente ocorreu no início da manhã de sábado (23), próximo a um café e ao recinto das suricatas.

Segundo o Daily Mail, os funcionários e os bombeiros tentaram retirar os animais da área o mais rápido possível, mas não puderam resgatar Misha, um porco-formigueiro de nove anos e as quatro suricatas.

O zoológico localizado no centro de Londres, ao lado do Regent’s Park, é uma atração popular que atrai multidões durante o período de férias.

Alguns membros da equipe do local foram tratados por inalação de fumaça e choque, mas não sofreram ferimentos graves.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

CONSCIENTIZAÇÃO

SOLIDARIEDADE

NOVOS LARES

RIO CLARO (SP)

EXTINÇÃO


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>