Filhote de cachorro é salvo após ficar preso em poço por 11 dias


Um filhote de cachorro foi salvo depois de ficar dentro de um poço por 11 dias. Moradores do distrito de Beykoz, em Istambul, descobriram que o cão precisava de ajuda ao ouvir um choro desesperado seguido do som de passos incansáveis que vinham de dentro do poço. Eles acionaram o Corpo de Bombeiros que, devido à dificuldade de acesso ao local, demorou longos 11 dias para conseguir resgatar o filhote.

Uma máscara de oxigênio foi colocada no cão após o resgate (Foto: Facebook – T.C. Kahire Büyükelçiliği / Turkish Embassy in Cairo)

O poço tinha cerca de 70 metros de profundidade e 30 centímetros de diâmetro, o que transformou o salvamento do cachorro em uma missão complicada. Depois de tentativas frustradas de retirar o cão do buraco, os bombeiros decidiram lhe dar água e alimento através de uma corda, conscientes de que ele não sobreviveria naquelas condições se não recebesse tais cuidados.

Os dias se passavam e o filhote de apenas quatro meses permanecia dentro do poço. A corporação já estava perdendo a esperança de conseguir salvá-lo quando a Escola Secundária de Ciência e Tecnologia de Bahçeşehir levou até o local um braço biônico, projetado pela instituição, para que o cão pudesse, enfim, ser salvo. Com o uso do equipamento, o resgate, que demorou cerca de 3 horas, pôde ser realizado. As informações são do portal Histórias com Valor.

O cachorro foi salvo após 11 dias preso em um poço (Foto: Facebook – T.C. Kahire Büyükelçiliği / Turkish Embassy in Cairo)

Após retirar o cão do poço, os bombeiros deram a ele o nome de Kuyu, que significa poço em turco. O filhote foi levado ao veterinário e, após ser examinado, conclui-se que apesar da situação em que esteve, ele estava saudável.

Tocados pelo comovente resgate e pelo sofrimento vivido por dias pelo cão, o Corpo de Bombeiros decidiu adotá-lo.

Depois de salvar o cão, os bombeiros decidiram adotá-lo (Foto: Facebook – T.C. Kahire Büyükelçiliği / Turkish Embassy in Cairo)

Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

ÓRFÃO

ARTIGO

DESACATO

GENTILEZA

DOR E SOFRIMENTO

EDUCAÇÃO

BENEFÍCIOS


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>