Comissão da OAB-PB denuncia secretário de prefeitura que chutou cadela


O secretário de planejamento da prefeitura de Caraúbas (PB), Eduardo Belo, foi denunciado pela comissão de Direito Animal da Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Paraíba (OAB-PB) após ser filmado agredindo uma cadela durante a apresentação de um coral natalino (veja o vídeo abaixo). Foi realizada uma queixa na Polícia Civil e também uma denúncia no Ministério Público em São João do Cariri, em conjunto com ONGs de proteção animal, com o objetivo de mover uma ação civil pública.

A cadela foi resgatada e está sendo submetida a tratamento veterinário (Foto: Alick Farias/Arquivo Pessoal)

O vídeo que registra a agressão foi divulgado nas redes sociais pela ONG Harmonia de Proteção Integrada dos Animais e do Meio Ambiente (Harpias). O secretário chuta a cadela no momento em que ela se aproxima de um presépio.

Alick Farias, integrante da comissão de Direito Animal da OAB-PB e da ONG Adota JP resgatou a cadela com a ajuda da protetora Andreia Medeiros, da ONG Missão Patinhas Felizes. Neguinha, como é chamada, tem tutora, mas circula livremente pela rua.

“A cadela foi resgatada e está sob cuidados veterinários em João Pessoa. Ela está com um quadro clínico de anemia e com uma infecção no útero. Fomos informados que ela deve passar por cirurgia em breve, mas estamos trabalhando para reabilitar a cachorra”, explicou Alick Farias ao G1.

A identidade da tutora não foi revelada para evitar represálias por parte do poder público que, em nota, não admitiu, em nenhum momento, o erro do secretário e afirmou que as imagens foram divulgadas com o intuito de prejudicar a imagem da gestão municipal.

Confira o vídeo do momento da agressão:

Nota da Redação: a ANDA aconselha os tutores de animais a não deixá-los sair para a rua sozinhos. Passeios são necessários e fazem bem aos animais, especialmente no combate ao estresse, mas é necessário que sejam feitos junto de um responsável. Para adotar cachorros, é importante ter muros altos que impeçam o acesso à rua, no caso dos gatos, é preciso colocar telas em janelas ou em todo o quintal para protegê-los. Permitir que animais circulem livremente pelas ruas, como foi o caso da cadela agredida pelo secretário, não só os expõe ao risco de agressões, como também a atropelamentos, doenças e envenenamento. 


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

RECONHECIMENTO

PRESERVAÇÃO

VAQUINHA ON-LINE

FINAL FELIZ

LEALDADE

COMPROMISSO

ESPECIAL


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>