Bebê chimpanzé órfão e acorrentado demonstra gratidão ao ser resgatado


Por esse motivo, seus salvadores lhe deram o nome de Mira (abreviação da palavra ‘’miracle”, que significa milagre em inglês).

Foto: LCR

Os chimpanzés, extremamente próximos aos seres humanos, são constantemente caçados por suas carnes na África e muitos jovens ficam órfãos, são vendidos no comércio pelo comércio de animais ou mantidos acorrentados e confinados.

É por isso que Jenny e Jimmy Desmond iniciaram um santuário para os chimpanzés órfãos, o Liberia Chimpanzee Rescue (LCR), que permite que os animais cresçam sem sentir medo. Uma cadela resgatada chamada Princess também ajuda os Desmonds a confortar os jovens chimpanzés após o trauma de perder suas famílias.

Foto: LCR

Jenny Desmond sabia exatamente como fazer Mira se sentir segura quando foi até Kakata para levar a pequena de ao santuário. Mira subiu nos braços de Jenny até mesmo antes de a pesada corrente ao redor do seu pescoço ser cortada, o que foi feito com uma serra e demorou cerca de 30 minutos.  “Remover as correntes dele foi um verdadeiro milagre”, disse Jenny ao The Dodo.

O resgate de Mira também simboliza uma mudança maior na região, já que foi o primeiro resgate totalmente coordenado entre as agências governamentais, o que mostra um novo compromisso de defender os animais selvagens necessitados.

“Este é um evento revolucionário e precisou de grande planejamento e colaboração entre muitos indivíduos e estratégias sofisticadas após a chegada ao local”, escreveu o santuário no Facebook.

Foto: LCR

“O trabalho verdadeiramente incrível da Liberia’s Forestry Development Authority e das Unidades da Polícia Nacional e Local da Libéria mostra o enorme compromisso de acabar com o comércio de animais selvagens no país”, acrescentou.

Agora Mira está se adaptando à vida no santuário, aprendendo a se balançar e brincar e logo irá encontrar os outros moradores do local.

“Estamos tão entusiasmados e felizes por Mira”, disse Jenny. O chimpanzé também está extremamente feliz por ter iniciado uma nova vida.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

SOB INVESTIGAÇÃO

AGRESSÃO BRUTAL

INSTINTO

VIDA NA RUA

RESPEITO E AFETO

FINAL FELIZ

TRISTEZA


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>