“Ele é o rosto do abuso animal”, diz voluntário sobre cão brutalmente agredido


 

Um cão da raça pit bull foi brutalmente agredido nos Estados Unidos. Resgatado pela Dog Networking Agents Inc, ele foi encontrado extremamente ferido. A pele de seu focinho apodreceu e caiu em pedaços, deixando o osso parcialmente exposto. A suspeita dos veterinários é de que o nariz do cão tenha sido fortemente amarrado com uma fita adesiva, o que gerou uma grave infecção no local.

June foi brutalmente agredido (Foto: Dog Networking Agents Inc)

“Ele é o rosto do abuso animal”, disse o voluntário Hayley Zielinski ao conhecer o cão.

Após ser examinado de forma minuciosa pelos veterinários, descobriu-se que além dos ferimentos no focinho, o cachorro tinha muitos dentes quebrados e estava parcialmente surdo devido a fortes golpes que recebeu na orelha direita. A agressão brutal cometida contra o cão afetou também parte de seu sistema respiratório, o que fez com que o ato de respirar se transformasse em uma agonia terrível para ele.

“Quando você vê isso pessoalmente, a verdade é que você nem pode acreditar: seus dentes estão tão deformados e parte do lábio superior se desintegrou por causa da infecção”, explica a co-fundadora da Dog Network Agents Inc, Hayley.

Magro e gravemente ferido, o cão foi resgatado por uma ONG (Foto: Dog Networking Agents Inc)

Jude, como passou a ser chamado, precisa ser submetido a diversas cirurgias reconstrutivas por meio das quais enxertos seriam feitos para corrigir seu focinho, que foi desconfigurado, e ajudá-lo a respirar melhor. O custo dos procedimentos, entretanto, atinge a soma de US$ 10 mil – o equivalente a R$ 33 mil -, valor que a entidade não tem condições de custear. As informações são do portal Histórias com Valor.

Apesar de todo o sofrimento que viveu, June é um cão feliz e que ama a companhia humana (Foto: Dog Networking Agents Inc)

Apesar das horríveis consequências físicas e psicológicas trazidas pela agressão sofrida por June, o cão permanece sendo amável com as pessoas, nas quais ainda confia mesmo tendo sido vítima da maldade humana. E não só o amor que tem para oferecer é inquebrável, como também sua vontade de viver.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

CHINA

FINAL FELIZ

POLUIÇÃO

COMPAIXÃO

VIOLÊNCIA

PESQUISA

APELO

RECOMEÇO

BARBÁRIE

SEGUNDA CHANCE


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>