CONTEÚDO ANDA

Vídeos mostram que animais resgatados reconhecem seus heróis

As pessoas têm dificuldade de acreditar que os animais selvagens podem ser tão inteligentes quanto os domésticos

Crédito: Elepahnt Nature Park
Crédito: Elepahnt Nature Park
Crédito: Elepahnt Nature Park
As pessoas têm dificuldade de acreditar que os animais selvagens podem ser tão inteligentes quanto os domésticos. Crédito: Elepahnt Nature Park

Não há nada mais inspirador do que histórias de resgate de animais. Felizmente, existem várias delas.

Como o homem que salvou uma vaca que se afogava durante o furacão Harvey, ou o vídeo de pessoas ajudando uma baleia enroscada em uma rede de pesca, todos os dias surgem histórias para nos lembrar que existem humanos compassivos tentando melhorar o mundo.

No entanto, não é com muita frequência que vemos o que acontece meses depois do resgate. Os animais são inteligentes e há muitos vídeos de reuniões que mostram que eles reconhecem a pessoa que os salvou.

Aqui estão apenas alguns vídeos que capturam o momento de reencontro.

1. Peanut, a vaca

Há seis anos, quando Peanut e Cocoa tinham menos de uma semana de vida, eles foram resgatados de um matadouro.

Uma das pessoas que participou do resgate foi Alicia. Depois que os dois foram levados para o santuário Farm Sanctuary’s Northern California Shelter, ela costumava visitá-los com frequência. Assim, ela desenvolveu uma relação próxima com Peanut.

No entanto, hoje em dia ela só visita algumas vezes ao ano. Ainda assim, Peanut sempre a reconhece.

As vacas são como os gatos e cachorros: elas anseiam carinho e gostam de construir vínculos com as pessoas.

Infelizmente, porque as vacas e outros animais explorados pela indústria pecuária são considerados “alimentos”, eles são tratados como objetos.

A maioria delas nunca tem a oportunidade de criar os laços incríveis de família e amizade. Peanut teve a sorte de construir uma relação com Alicia.

2. Camus, a galinha

Todos os dias, Camus espera o homem que a salvou chegar no santuário Lighthouse Farm Sanctuary em Scio, Oregon (EUA).

Quando o vê, Camus corre o mais rápido que pode para abraçá-lo.

O carinho de Camus não é surpreendente. Galinhas são animais afetuosos, mas a maioria das pessoas não sabe disso.

As galinhas são mães incríveis e cuidam de seus filhotes mesmo antes deles nascerem.

Quando os ovos chocam, elas defendem os pintinhos de predadores, e ensinam a eles tudo o que precisam saber.

3. Lillie, a porca

Quando Lillie encontra seu cuidador no santuário The Gentle Barn, ela o recebe carinhosamente e corre na direção dele.

Cientistas já determinaram que os porcos podem ser mais inteligentes do que os cães, alguns primatas e até mesmo mais do que crianças de três anos de idade.

Eles são considerados o quarto animal mais inteligente da Terra. O nível de habilidade cognitiva deles permite que joguem videogames controlados por joystick, tenham pensamentos abstratos, usem ferramentas, reconheçam seus próprios nomes e sonhem.

4. Kham-Lha, o elefante

O elefante resgatado chamado Kham-Lha vem correndo quando chamam seu nome.

Kham-Lha vive no Elephant Nature Park, um grande santuário de animais localizado em Chai Mai, no norte da Tailândia, que acolhe elefantes vítimas de exploração.

O fato de que ele reconhece o próprio nome não é um absurdo. Cientistas já observaram elefantes sofrendo devido à morte de um parente, e até enterrando os mortos em cerimônias parecidas com um funeral.

Os elefantes reconhecem quando seus amigos estão chateados e fazem carinho para consolá-los.

5. Amelia, a porca

Amelia foi resgatada da casa de uma mulher que era notória por acumular e abusar de animais.

Ela agora reside no santuário Catskill e corre feliz quando seus cuidadores chamam seu nome.

Porcos muitas vezes têm a reputação de serem animais sujos, mas, na realidade, são seres incrivelmente inteligentes e sensíveis.

Estudos demonstraram que os porcos sentem empatia e reconhecem seus próprios nomes. Se todos soubessem como são maravilhosos, as pessoas deixariam de explorá-los para o consumo.

Apesar do vasto conhecimento sobre a inteligência e a capacidade emocional dos animais, a maioria das pessoas tem dificuldade de acreditar que os animais selvagens podem ser tão inteligentes quanto os domésticos.

Todos devemos deixar de lado nossas noções preconcebidas e olhar os animais pelos indivíduos incríveis que eles realmente são.