CONTEÚDO ANDA

Ativista tatua 40 mil cruzes para homenagear animais mortos pela agropecuária

O artista e ativista italiano Alfredo Meschi tatuou 40 mil cruzes para representar animais - principalmente peixes, que não são contados individualmente na agropecuária - mortos a cada segundo pela indústria de alimentos

Cruzes tatuadas por ativista
Foto: Reprodução, VegNews

 

Cruzes tatuadas por ativista
Foto: Reprodução, VegNews

“No momento presente, todos precisamos enfrentar o maior desafio de nossa história: salvar um planeta que está morrendo e interromper o holocausto dos seres sencientes”, disse.

Meschi é ativista há 50 anos e um vegano dedicado há três anos. “O primeiro passo para atingir essas duas perspectivas é tornarem-se veganos éticos. Podemos fazer isso agora. Cada segundo conta”, destacou.

FAÇA PARTE DO #DiaDeDoarAgora EM 5 DE MAIO

Segundo a VegNews, ele usava apenas tintas e tratamento de tatuagens veganos e foi inspirado pela primeira vez a utilizar seu corpo como um meio de protesto pelo grupo de justiça social Poner el Cuerpo, Sacar la Voz.

O ativista usa sua conta Instagram como uma plataforma para lutar pelos direitos animais e postou fotos que o  mostram pendurado pelos pés (semelhantemente a uma galinha) em um matadouro, mergulhado na água repleta de lama e plástico (imitando o sofrimento de um peixe) e encolhido perto de uma pintura de porcos sangrando.