Cadela salva a vida de criança perdida na neve na Sibéria


Uma menina de dois anos se perdeu ao ir atrás do pai que estava indo viajar, sem que ele percebesse que ela estava o seguindo. Durante nove dias, Karina viveu em condições extremas e só sobreviveu graças a cadela Naida, que esquentou a criança, impedindo que a neve fizesse com que a menina morresse de frio, e procurou ajuda. O caso aconteceu em Loktevsky, na Sibéria.

Naida salvou a vida da pequena Karina, de apenas dois anos (Foto: Divulgação)

A alimentação de Karina se baseou, durante os dias em que esteve perdida, em morangos. Ela dormiu em uma cama de pasto, que, inclusive, impediu que os helicópteros a encontrassem, e bebeu água de um rio.

Além de ter esquentado Karina, no nono dia a cadela decidiu caminhar de volta para casa. A intenção dela era de pedir ajuda para salvar a menina. Foi então que Naida encontrou os socorristas, que foram guiados por ela até o local em que a criança estava. Karina foi encontrada com hipotermia e algumas picadas de insetos pelo corpo. As informações são do portal Best Of Web.

Karina foi salva por socorristas guiados pela cadela Naida (Foto: Divulgação)

A criança foi encaminhada ao hospital. A mãe dela, que voltou para casa apenas quatro dias depois de Karina ter sido encontrada, foi presa devido à negligência e pode perder a guarda da menina.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

RECIFE (PE)

RIO DE JANEIRO

MAUS-TRATOS

EMPREENDEDORISMO

AÇÃO HUMANA

CONSCIENTIZAÇÃO

ABUSO

ÓRFÃO


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>