Macaco filmado ao lado de jovem que fumava maconha é resgatado


Macaco filmado ao lado de jovem que fumava maconha é levado para Cetas, no AM

O macaco filmado ao lado de um jovem com um cigarro de maconha foi levado para a internação do Centro de Triagem de Animais Silvestres do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Cetas/Ibama). O jovem, de 22 anos, foi detido e vai responder em liberdade pelo crime de maus-tratos a animais silvestres.

O macaco é da espécie Saguinus labiatus. O animal foi filmado e fotografado por um jovem, que assopra a fumaça em direção ao macaco. Em outro vídeo, ele abre a boca para que o animal inale a fumaça. O suspeito estava sendo monitorado pela Cavalaria da Polícia Militar e foi detido na quinta (9).

O animal chegou ao Cetas por volta de 21h30 de quinta (9). Ele deve permanecer no local por duas semanas. No Centro, ele vai ser acompanhado por um veterinário, para saber como está o estado de saúde dele.

Depois do período de observação, o órgão ambiental deve encontrar um destino para o animal, segundo explica o analista ambiental Robson Czaban.

“A primeira opção nossa é devolver o animal para a natureza. Nesse caso provavelmente isso não vai acontecer. Pelo que a gente está vendo aí, esse animal foi pego ainda muito pequeno e não tem condição de voltar para a natureza agora. Talvez não saiba procurar comida, não vai conseguir se relacionar com outros. A segunda opção é a destinação para um criatório científico, um zoológico, ou um criatório conservacionista”, explicou.

Segundo o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), a espécie é comum entre os rios Solimões e Japurá e não apresenta ameaças relevantes, sendo classificado como Menos Preocupante (LC) na categoria para avaliar o risco de extinção por espécies.

O Boletim de Ocorrência registrado pela polícia sobre o caso ainda não foi enviado para o Ibama proceder a instauração do processo administrativo.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

AÇÃO HUMANA

CONSCIENTIZAÇÃO

ABUSO

ÓRFÃO

COREIA DO SUL

SOB INVESTIGAÇÃO

AGRESSÃO BRUTAL


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>