CONTEÚDO ANDA

Cachorro acompanha enterro de tutora vítima de violência no Rio

Chamado carinhosamente de Luís Carlos, ele está na família de Marisa há dez anos.

440

12/10/2017 às 18:00
Por Redação

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Cãozinho se despediu da tutora | Foto: Rafael Soares

O cãozinho Luis Carlos emocionou a todos no enterro de Marisa de Carvalho Nóbrega (48), que morreu nesta segunda-feira (09), no Hospital municipal Salgado Filho, no Méier, zona Norte do Rio. Testemunhas afirmam que ela foi agredida por policiais do Bope, na comunidade Cidade de Deus.

Os familiares da vítima contam que o cãozinho entrou no ônibus que levava familiares e moradores ao enterro. Ele permaneceu aos pés do caixão durante todo o velório e só aceitou ser levado embora do local após o sepultamento.

Luis Carlos é um cãozinho SRD e foi adotado por Marisa há dez anos.

Entenda

Testemunhas afirmam que Marisa foi agredida com uma coronhada na cabeça após se recusar a agredir a própria filha a pedido de um policial do Bope. Elas afirmam ainda que ela foi assediada e vítima de violência psicológica antes do golpe.

Marisa morreu dois dias após receber a suposta agressão | Arquivo pessoal

A Corregedoria da PM afirma que está apurando o caso.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.