CONTEÚDO ANDA

Baleias ficam mais tempo em Fernando de Noronha (PE)

Este ano, no entanto, estes gigantes mamíferos marinhos decidiram aproveitar um pouco mais as águas do arquipélago pernambucano.

124

12/10/2017 às 17:30
Por Redação

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Foto: Mayla Y Doo/All Angle

Anualmente baleias-jubarte escolhem Fernando de Noronha como um dos seus itinerários durante a migração para a Antártica, mas apenas por poucos dias. Este ano, no entanto, estes gigantes mamíferos marinhos decidiram aproveitar um pouco mais as águas do arquipélago pernambucano.

A mergulhadora e bióloga Zaira Matheus comemora os avistamentos e a temporada prolongada. “A emoção de ver as baleias é indescritível. Eles continuam aqui, a gente não entende, eu não sou especialista, mas acho que população de baleias está aumentando. Para nós, em Noronha, tem sido muito especial. Praticamente todos os dias tenho visto baleias”, diz.

Os especialistas do Instituto Baleia Jubarte afirma que a presença atípica dos animais é um fator positivo. “É um sinal muito positivo, isso tem ocorrido porque a população desses animais está crescendo. O censo realizado em 2015 identificou cerca de 17 mil jubartes no Brasil, já foram menos de mil no passado. Com muito esforço conseguimos tirar as baleias jubarte da lista de animais em extinção. A tendência é que esses mamíferos sejam vistos cada vez mais com frequências em Noronha”, explica a coordenadora do projeto Márcia Engel em entrevista ao portal G1.

Ela conta ainda que a baleias em breve devem partir e recomeçar seus ciclos naturais. “As jubartes não devem morar em Noronha, as baleias adultas se alimentam do krill, uma espécie de micro camarão que não é encontrado na região do arquipélago. As fêmeas estão alimentando os filhotes, que consomem cerca de 100 litros de leite por dia. É provável que o filhote tenha nascido na região de Fernando de Noronha. Logo que fique os filhotes tenham condições de seguir viagem as baleias devem partir para Antártida, provavelmente neste mês de outubro”, disse Márcia.

A pesquisadora alerta ainda que baleias, apesar de grandes, são animais sensíveis e protegidos por uma legislação especifica determinada pelo Instituto Chico Mendes da Biodiversidade (ICMBio). “Ao encontrar as baleias é importante seguir a legislação porque essa é a melhor maneira de proteger os animais e também as pessoas. Geralmente as fêmeas estão amamentando e elas ficam mais sensíveis. Não se deve mergulhar com esses animais, mas quem tiver a oportunidade de encontrar a dica é contemplar, as baleias são lindas”, concluiu.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.