Proposta infeliz promove calendário fotográfico de animais com estudantes nus


Os estudantes de medicina veterinária da Universidade de Sydney, na Austrália, fizeram fotografias para o calendário anual da turma nas quais eles posam nus com animais.

Foto com ovelhas faz alusão a exploração de animais para vestimenta (Foto: Meredith Schofield)

A prática controversa e que pode ser perigosamente interpretada como um incentivo à zoofilia se repete todos os anos e tem o objetivo de arrecadar fundos para uma causa específica. Desta vez, a Saúde Mental Rural e Remota foi o tema escolhido. Cerca de 40 alunos do campus de Camden, Cobbitty e Brownlow Hill participaram.

Membro do comitê responsável pelo calendário, Courtney Turner, disse que essa foi “uma ótima maneira de chamar a atenção para a saúde mental”, desconsiderando que para tratar de temas importantes aos humanos, como a saúde mental, não é necessário expor animais à fotografias com pessoas nuas, proposta desnecessária e que, inclusive, não tem relação alguma com a defesa por uma mente saudável.

Proposta infeliz coloca estudantes nus junto de animais em ensaio fotográfico (Foto: Meredith Schofield)

Em uma das fotos, inclusive, é possível notar uma lamentável alusão a exploração de ovelhas para vestimenta.

“A Saúde Mental Rural e Remota faz um ótimo trabalho e proporciona instalações para pessoas em áreas que não têm o tipo de acesso às instalações que fazemos em Sydney”, disse ela, que também lembrou que “a taxa de suicídio entre os veterinários é quatro vezes maior do que a população em geral”.

Apesar de lidar com temas importantes, a proposta dos alunos de produzir anualmente fotografias de estudantes nus ao lado de animais é infeliz e irresponsável, especialmente se considerarmos que qualquer tema escolhido pode ser representado de forma ética, sem envolver animais de forma inadequada.

Diversas espécies participaram do ensaio, dentre elas, cavalos (Foto: Meredith Schofield)

Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

HOLOCAUSTO

INSPIRAÇÃO

CONSCIENTIZAÇÃO

CONSCIENTIZAÇÃO


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>