Gatinhos com rara condição genética ganham uma nova chance


 

Ninhada de gatinhos
Foto: Kitten Rescue, Facebook

Eles possuem uma condição genética que causa um crescimento anormal nos membros dianteiros. Consequentemente, todos devem usar pequenos moldes para ajudar suas pernas pequenas a se desenvolverem apropriadamente.

A organização, Kitten Rescue, localizada em Los Angeles (EUA), resgatou os pequenos do East Valley Animal Shelter, em Van Nuys.

Os gatinhos tinham apenas três semanas, mas a equipe percebeu que havia algo diferente neles. Suas pernas dianteiras pareciam tortas e, conforme cresciam, as articulações se curvavam em ângulos estranhos.

A Kitten Rescue procurou a ajuda de especialistas em ossos e articulações no ACCESS Specialty Animal Hospital, onde os seis filhotes foram diagnosticados com síndrome do túnel carpal, uma condição principalmente observada em cãezinhos.

Gatinho com molde
Foto: Kitten Rescue, Facebook

De acordo com uma publicação no Facebook da Kitten Rescue, as causas do transtorno não estão claras, mas presume-se  que são resultado de um desequilíbrio nas taxas de crescimento entre os ossos e os tendões dos membros dianteiros, segundo o I heart cats.

Os gatinhos foram equipados com moldes para ajudar a corrigir a condição. Eles precisarão de check-ups e cuidados constantes durante as próximas semanas.

“Cada gatinho desta ninhada é excepcionalmente doce e afetuoso, e queremos assegurar que eles recebam uma chance de crescerem saudáveis, felizes e fortes”, diz o Kitten Rescue no Facebook.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

PUNIÇÃO

MAUS-TRATOS

SEGUNDA CHANCE

CENSURA

DESPERTAR

PROTEÇÃO

HOLOCAUSTO


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>