Cães recém-nascidos são resgatados de tubulação de concreto no interior de SP


Após aproximadamente quatro horas de trabalho, sete filhotes de cachorro recém-nascidos foram resgatados de dentro de uma tubulação de concreto em uma estrada rural de Lavrinhas, interior de São Paulo. Uma retroescavadeira foi usada na ação.

O secretário da prefeitura, Jonathan Carneiro, e voluntários da ONG participaram do resgate (Foto: Divulgação/ONG Cãopaixão)

Uma moradora da região encontrou os filhotes e, com medo que eles se afogassem caso chovesse, procurou ajuda. Os cães estavam dentro de uma manilha de aproximadamente 40 centímetros de circunferência e quase dois metros de comprimento, o que tornou o resgate mais difícil. Foi necessário ainda remover a terra que cobria toda a estrutura. Funcionários da prefeitura, bombeiros e voluntários de uma ONG participaram do salvamento.

A entidade acredita que a mãe pode ter dado à luz no local ao procurar lugar seguro para ter os filhotes.

“O cano era muito estreito, com a entrada em ‘L’, e por isso ficou difícil resgatá-los. Eles corriam perigo com a possibilidade da chuva e o interessante é que poucas horas depois do resgate começou a chover, mas daí os filhotes já estavam salvos”, contou a integrante da ONG Cãopaixão, Eduarda Ramos, ao G1.

Os filhotes e a mãe foram levados à casa da moradora que os encontrou. Ela oferecerá lar temporário a eles até que todos sejam adotados. Os recém-nascidos tem aproximadamente cinco dias de vida e passam bem.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

SOLIDARIEDADE

NOVOS LARES

RIO CLARO (SP)

EXTINÇÃO

VISIBILIDADE

CANADÁ

ABRAÇO ANIMAL

DENÚNCIA


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>