Mais de cem hipopótamos são encontrados mortos na Namíbia


Mais de cem corpos de hipopótamos foram encontrados num rio do Parque Nacional Bwabwata, na Namíbia, de acordo com o Ministério do Meio Ambiente do país. Autoridades afirmam que é provável que a causa da mortandade tenha sido uma epidemia de antraz, também conhecida como carbúnculo, doença infecciosa aguda provocada pela bactéria Bacillus anthracis.

Corpos de hipopótamos foram encontrados em rio (Foto: Reprodução / Namibian Broadcasting Corporation)

O ministro do Meio Ambiente, Pohama Shifeta, afirmou à AFP que “mais de cem hipopótamos morreram na semana passada”. A causa da morte, segundo ele, é desconhecida, mas a suspeita é de uma contaminação por antraz. O temor é de que a doença se espalhe para outros rebanhos.

O ministério disse ainda que 20 búfalos foram encontrados mortos na região. Os corpos foram enviados para análise. Crocodilos também podem ter consumido parte dos corpos dos hipopótamos.

“Nossos serviços veterinários estão no local para determinar a causa das mortes. Uma vez que tenhamos os resultados, poderemos tomar as medidas adequadas”, disse Shifeta.

A Namíbia tem, segundo últimos levantamentos, aproximadamente 1.300 hipopótamos. As informações são do portal Extra.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

SOLIDARIEDADE

NOVOS LARES

RIO CLARO (SP)

EXTINÇÃO

VISIBILIDADE

CANADÁ


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>