Artesãos produzem sapatos veganos e sustentáveis no interior do Ceará


O Grupo Frivolitas, formado por artesãos de Quixeramobim, interior do Ceará, irá lançar em Fortaleza sua primeira coleção de sapatos sustentáveis e veganos elaborados a partir do rendado Frivolité e Nhanduti, tradicionais da cultura regional nordestina. A multiplicação da técnica tem gerado renda aos sapateiros locais e ao grupo rural de assentamento Caraíbas.

As artesãs são pioneiras na produção e comercialização artesanal da renda Nhanduti (Foto: Erico Gondim)

As artesãs do Grupo Frivolitas são pioneiras na produção e comercialização artesanal da renda Nhanduti no Estado, com foco na sustentabilidade e preservação por meio da reutilização de materiais advindos de sobras de calçados das fábricas da região.

Os calçados, com fabricação livre de matéria prima de origem animal, são exclusivos, “feitos para o pé de cada cliente”, afirmaram as artesãs em entrevista à Tribuna do Ceará. Eles serão lançados em Fortaleza, na loja colaborativa Elabore, onde estarão à venda.

O grupo é formado por dez mulheres e um homem e pretende ampliar as vendas para outros estados, até atingir outros países. Dona Francisca, presidente do Frivolitas, afirma que a cultura do Frivolité precisa ser mantida e destaca também a importância da ecologia presente na marca criada a partir de consultorias do Sebrae Ceará. “A consciência ecológica também se faz presente. Com essa técnica do rendado, apresentamos como item de adorno pessoal em sapatos, e futuramente aplicados em novos produtos”, concluiu.

 


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

COMPANHIA

VIOLÊNCIA INJUSTIFICADA

ASSASSINATO BRUTAL

EXEMPLO

AGROPECUÁRIA

POVOS ORIGINÁRIOS

FINAL FELIZ

DOR E SOFRIMENTO

DESUMANIDADE


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>