Pampas Safari: ativistas convocam vigília para hoje em repúdio à matança de cervos


Em repúdio à decisão tomada ontem (4) que autorizou a matança de 400 cervos do Pampas Safari, ativistas estão convocando uma vigília feita em regime de urgência para hoje (5), às 16h, em frente ao parque, localizado na RS-020, Km 11, nº 5680, em Gravataí, Rio Grande do Sul.

Liminar que impedia a matança de cervos foi cassada (Foto: WA Mídia)

O desembargador Armínio José Abreu Lima da Rosa, da 21º Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul, cassou ontem (4) a liminar que impedia o extermínio de aproximadamente 400 cervos que vivem no parque. A liminar foi concedida em 24 de agosto pelo juiz João Ricardo dos Santos Costa, da 16ª Vara Cível do Foro Central de Porto Alegre, em ação popular movida pela deputada estadual Regina Becker (Rede).

A decisão, que se fundamenta no “grave risco de proliferação de tuberculose” mesmo com a inexistência de exames que comprovem a doença, ocorre 13 dias antes da audiência de conciliação, marcada pelo juiz que concedeu a liminar.

Ativistas estão mobilizados desde 22 de agosto, quando foi descoberto o assassinato de 24 cervos, quatro deles no ventre de suas mães. Dois protestos já foram realizados desde que o caso teve início – o primeiro, em agosto, em frente ao Ibama de Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, e outro em setembro, em frente ao Pampas Safari. Uma vigília constante também tem sido feita pelos ativistas. Neste sábado (7), se realizará, às 15h, a Marcha da Defesa Animal 2017, em frente ao Pampas Safari.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

CONSERVAÇÃO

MUDANÇAS CLIMÁTICAS

MAUS-TRATOS

HABITATS DESTRUÍDOS

OMISSÃO

ECONOMIA CIRCULAR

DEDICAÇÃO

TECONOLOGIA


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>