Cavalo preso a uma corda é puxado por veículo em movimento


Um cavalo, amarrado a uma corda, foi puxado pelo passageiro de um carro em movimento na cidade de Rio Verde, em Goiás. Apesar do veículo estar em baixa velocidade, a atitude tomada pelo motorista colocou em risco a vida do cavalo, que poderia ter se ferido durante o percurso.

O cavalo, que estava preso a uma corda, foi puxado pelo passageiro do carro (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)

Um vídeo, gravado por outro motorista, registrou o caso. O passageiro se mantém com o braço esticado para fora do veículo, segurando a corda presa ao cavalo e, em determinado momento, o carro para em um cruzamento para esperar a passagem de outros automóveis.

Segundo o Código Brasileiro de Trânsito, cavalos devem ser transportados em um reboque ou gaiola adequada.

O motorista poderia ser autuado por dirigir sem atenção ou cuidados indispensáveis à segurança, segundo informações do G1, já que a ação provocada por ele poderia gerar um acidente e colocar em risco a vida de outras pessoas. A multa, neste caso, seria de R$ 88, além de punição de três pontos na Carteira Nacional de Habilitação.

Os ocupantes do veículo poderiam responder também por crime de maus-tratos contra animais, previsto no Artigo 32 da Lei de Crimes Ambientais, que prevê detenção de três meses a um ano a quem “praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos”.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

MAUS-TRATOS

EMPREENDEDORISMO

AÇÃO HUMANA

CONSCIENTIZAÇÃO

ABUSO

ÓRFÃO

COREIA DO SUL


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>