CONTEÚDO ANDA

Cãozinho vítima de maus-tratos em criadouro recebe uma nova chance

Banana nasceu em um criadouro e, infelizmente, seu explorador o espancou tanto que quebrou a mandíbula do cãozinho

Cãozinho Banana
Foto: Umbrella of Hope/Facebook

Ao perceber que o cãozinho não lhe traria lucro, o criador pediu que ele tivesse a morte induzida. Felizmente, muitas pessoas gentis perceberam que a mandíbula quebrada de Banana poderia ser restaurada e ele foi salvo da morte.

Cãozinho Banana
Foto: Umbrella of Hope/Facebook

Agora, Banana está sob os cuidados da Umbrella of Hope, uma organização dedicada ao resgate, realocação e reabilitação de animais de abrigos, como uma situação emergencial do San Jose Animal Care Center por meio do San Jose Animal Advocates e Tails of a Shelter Vet.

A mandíbula do cãozinho foi quebrada em dois lugares, por isso parece que ele está sorrindo.

FAÇA PARTE DO #DiaDeDoarAgora EM 5 DE MAIO

Ele realizou a primeira das várias cirurgias para corrigir as fraturas. Sua mandíbula foi restaurada e ele está se recuperando em um dos lares temporários da Umbrella of Hope.

Banana no colo de cuidador
Foto: Umbrella of Hope/Facebook

Como o processo de cura é delicado, o Umbrella of Hope informou que Banana não será transferido de seu lar temporário  e atualmente não está disponível para adoção.

Embora ele não esteja para adoção, ainda há muitos outros cães em abrigos nos Estados Unidos que aguardam uma segunda chance. Anualmente, de seis a oito milhões de cães e gatos acabam em abrigos de animais no país, sendo que aproximadamente três milhões sobrevivem.

Em torno de 35% dos cães são de raça pura. Isso mostra que, embora muitos cães de raça definida sejam comprados, muitos deles têm o mesmo destino infeliz do que seus companheiros.