Gatos que correm risco de morte precisam de ajuda em SP


Antonio Norberto Teixeira

Gatos abandonados na região do Jabaquara, Zona Sul de São Paulo, precisam de ajuda. Eles estão sendo mortos por cães levados pelos seus tutores para matá-los, já que estão desprotegidos no local. Até o momento, 20 morreram.

O abandono de animais no local é constante há anos. O protetor Antonio Norberto Teixeira, com apoio da CCZ e de algumas pessoas, castra, alimenta diariamente, e encaminha os gatos para adoção.

Atualmente são 66 gatos, sendo 60 já castrados e outros 6 abandonados recentemente. A maioria é dócil, pois viviam em casas, e com isso correm mais riscos de maus-tratos.

O protetor precisa de apoio para que os gatos possam continuar vivendo no local, pois tem receio de que os felinos sejam removidos pela Prefeitura. Ele precisa também de ajuda para alimentar a todos e permissão para instalar abrigos, já que as caixas instaladas no local são jogadas no lixo.

A adoção dos gatos é a melhor saída para o problema, já que mesmo que sejam castrados e alimentados, se continuarem no local estarão expostos a maus-tratos e correndo risco de morte.

Interessados em ajudar ou adotar os gatos devem entrar em contato com Antonio pelo telefone (11) 96472-7072.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

NEGLIGÊNCIA

SOFRIMENTO

PORTO ALEGRE (RS)

INSENSIBILIDADE

GOIÂNIA (GO)

MÉXICO

ACIDENTE

AMOR


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>