Empresário cria instrumento de tortura para imobilizar cordeiros


O empresário irlandês TJ Gormley (65) é conhecido pelos ativistas pelos direitos animais por inovar no quesito tortura animal. Ele empreende em instrumentos e máquinas que auxilam a produção e morte de ovelhas e cordeiros em maior escala.

Reprodução

Recentemente uma de suas invenções foi vítima de críticas, não apenas por protetores de animais, mas também de toda a sociedade. Ele criou um objeto chamado de “lamb carousel” (carrocel de cordeiros em tradução livre).

O instrumento é uma plataforma circular que imobiliza cordeiros bebês para a realizar de marcações a ferro e mutilações.

O empreendimento foi apresentado pela emissora de TV irlandesa Raidió Teilifís Éireann, que recebeu uma enxurrada de mensagens indignadas e precisou se retratar em suas redes sociais.

O empresário se recusou a se desculpar e limitou a insinuar que a aqueles que o criticam são hipócritas que consomem os animais mortos, mas fazem o possível para ignorar os métodos que os levam até suas mesas.

A página no Facebook “I am Cecil too” reacendeu o debate sobre o “lamb carousel” e fez uma postagem com uma foto mostrando cordeiros na plataforma e uma mensagem de apelo.

“Isto é um carrocel de cordeiros. Ele foi concebido com o objetivo de facilitar mutilações quando este animais são apenas bebês. Quando eles tiverem apenas 6 meses de vida serão ortos para satisfazer um ser humano com sua carne. Seja menos uma pessoa a fazer mal aos animais, seja vegano”, diz a publicação.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

PRESERVAÇÃO

DESESPERO

CONSOLO

CALIFÓRNIA

ANGÚSTIA

COMPANHIA

VIOLÊNCIA INJUSTIFICADA

ASSASSINATO BRUTAL


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>