Foca é resgatada com arco de plástico no pescoço


Foca cresceu com o objeto em seu pescoço | BBCBrasil.com

Uma foca jovem foi resgatada na praia de Horsey, na Inglaterra, após sofrer com ferimentos profundos causados por um arco de plástico que ficou alojado em seu pescoço quando ela era apenas um filhote.

Ela foi vista pela primeira vez com o estranho objeto há aproximadamente seis meses, mas as equipes de resgate não conseguiram resgatá-lo.

O arco, similar a um frisbie, se posicionou como um colar e passou a sufocar a foca que foi encontrada sozinha e debilitada.

O animal foi encontrado sozinho e muito debilitado | BBCBrasil.com

Ela foi resgatada e agora está aos cuidados da Sociedade Real para a Prevenção da Crueldade Contra os Animais (RSPCA, na sigla em inglês).

A reabilitação de “Senhora Frisbie”, como está sendo chamada, pode durar meses, mas tem tudo para ser um sucesso.

A direção do hospital da RSPCA afirma que ela está se alimentando bem, mas que a ferida no pescoço dela é grave e precisará de muitos cuidados.

As feridas causadas pelo objeto são profundas e precisarão de muitos cuidados | BBCBrasil.com

A organização Amigos das Focas de Horsey, grupo que se propõem a ajudar focas em apuros na costa Leste do país, afirma que o caso de “Senhora Frisbie” pode não ser o único e que a ação humana causa grandes transtornos aos animais da espécie.

Eles afirmam que uma segunda foca foi avistada com um pneu de borracha em volta do corpo.

O grupo faz um apelo por conscientização sobre o descarte correto do lixo e sobre a importância de proteger a fauna, que cada vez mais vê seus habitats invadidos pelos seres humanos.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

ESTRESSE

RESILIÊNCIA

BRECHAS LEGAIS

DENÚNCIA

ATROCIDADE


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>