Registro raro: girafas brancas são vistas em uma reserva no Quênia


As girafas brancas, vistas no Quênia, são consideradas raras (Foto: hirolaconservation.org)

Pela primeira vez em vídeo, duas girafas brancas, mãe e filho, foram vistas em uma reserva no Quênia. A dupla tem uma condição rara que não é o albinismo, e sim uma ausência de pigmentação total da pele chamada leucismo. O albinismo é a ausência de melanina.

A ONG Hirola Conservation Programme divulgou em junho deste ano um relatório sobre os animais brancos, enviado pelos moradores de uma aldeia próxima a área de conservação do parque Ishaqbini Hirola em Garissa, onde a dupla foi flagrada.

O primeiro relato sobre as girafas brancas aconteceu em 2016, no parque nacional de Tarangire, na Tanzânia. O caso no Quênia é o segundo registrado.

Confira o vídeo do momento em que as girafas foram vistas:


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

HOLOCAUSTO

INSPIRAÇÃO

CONSCIENTIZAÇÃO

CONSCIENTIZAÇÃO


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>