Sadismo: chef de cozinha afirma sentir prazer ao matar animais


Tão especista quanto incoerente, o chef de cozinha Ljubomir Stanisic, afirmou que poucas coisas lhe dão mais prazer do que “dar uma morte digna aos animais” – como se fosse possível chamar de digno o ato de tirar uma vida.

Há dois anos, após ser contaminado por uma bactéria, ele perdeu 18 quilos. Na época, o problema de saúde o impediu de ingerir carne. Foi então que Stanisic começou a estudar a alimentação saudável. Atualmente, 60% de tudo que ele consome é de origem vegetal. No entanto, o homem, que já foi chamado de assassino após pescar um atum de quase 200 quilos, confessa que não pretende deixar de matar animais.

Ljubomir Stanisic afirma que se sente feliz ao matar um javali e ver seu sangue escorrer (Foto: Divulgação)

“Faz-me feliz tirar as espinhas de uma sardinha, dar um tiro num pombo ou num faisão, matar um javali e ir lá com a faca sangrá-lo, tirar-lhe o sangue todo, fazer-lhe festinhas enquanto o sangue lhe cai pelo pescoço. Deixa-me triste, mas faz-me feliz ao mesmo tempo”, afirmou em entrevista a revista portuguesa Expresso, ao revelar seu sadismo.

Não há forma digna ou humanitária de matar alguém. Dizer que está promovendo dignidade a um animal enquanto o mata é apenas uma desculpa utilizada por quem quer aliviar a própria consciência para não carregar consigo a culpar por um assassinato – mas essa culpa, inevitavelmente, é da pessoa.

Ljubomir Stanisic, famoso por sua culinária – tendo conseguido colocar um de seus restaurantes em primeiro lugar nos Restaurant Awards da revista “Monocle” – e por seu programa de televisão “Pesadelo na Cozinha”, poderia se abster de estimular o sofrimento e passar a utilizar seu reconhecimento para promover o veganismo, para que então pudesse, de fato, ser responsável por dar dignidade aos animais, promovendo a vida e não a morte.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

ASSASSINATO BRUTAL

EXEMPLO

AGROPECUÁRIA

POVOS ORIGINÁRIOS

FINAL FELIZ

DOR E SOFRIMENTO

DESUMANIDADE

AGRESSÃO BRUTAL


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>