Gatinha órfã e desnutrida recebe o amor pelo qual sempre ansiou


Gatinha órfã
Foto: Nikki @myfosterkittens

Ela estava faminta e quando uma mulher gentil a viu posteriormente em um abrigo, imediatamente se ofereceu para cuidar dela.

No dia 23 de Maio, um segurança do complexo encontrou a pequena gatinha que estava bastante suja. Ele não conseguiu encontrar sua mãe e a levou para a Nevada SPCA no mesmo dia.

“Eu o vi entrar e deixar esse transportador imundo. Ele entregou o precioso bebê à equipe. Ela estava severamente desidratada e desnutrida”, contou Nikki, que ajuda a Nevada SPCA.

Nikki, que tem experiência em oferecer um lar temporário para animais, percebeu imediatamente que a pequeno precisava de atendimento integral. Antes mesmo de abrir o portador, ela disse ao abrigo que queria ficar com ela.

Assim que Nikki a abraçou, a gatinha se afeiçoou a ela. O filhote de três semanas estava muito exausto. Nikki podia sentir seus ossos quando o pegava devido à extrema magreza. Depois de um banho e uma refeição completa, a gata Punky enrolou-se em um cobertor e adormeceu no colo de Nikki.

Gatinha em meio a cobertas
Foto: Nikki @myfosterkittens

A doce gatinha ficou órfã em uma idade muito jovem. Ela ansiava por atenção e por companheirismo regularmente.

Por isso, Nikki lhe deu uma mãe “falsa” para ficar com ela sempre que precisasse de um abraço. A “mãe” foi equipada com um dispositivo que imita batimentos cardíacos. O som era muito reconfortante para a gatinha.

“A bebê Punky gostava de dormir debaixo de sua mãe”, contou ela ao Love Meow.

Nikki alimentou-a várias vezes ao dia com uma seringa até que Punky pudesse comer sozinha a comida molhada para gatos. Em apenas algumas semanas, a pequena aprendeu a se alimentar como uma adulta e, depois de um mês, seu peso aumentou e ela estava prosperando.

Gatinha dorme no colo de tutora
Foto: Nikki @myfosterkittens

“Ela cresceu para se tornar uma gatinha feliz brincalhona e foi recentemente adotada por sua nova tutora que mora no Oregon, então viajou de Las Vegas para o Oregon”, disse Nikki.

A doce garota também recebeu uma nova irmã felina, Tia, que a colocou sob sua proteção. Em apenas uma semana, elas se tornaram amigas bastante próximas.

“Antigamente sozinha em um complexo de apartamentos e deixada no abrigo em uma caixa imunda, morrendo de fome e desidratada..agora olhe para ela”, observou Nikki.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

SOFRIMENTO

DIFICULDADES FINANCEIRAS

BELO HORIZONTE (MG)

COVARDIA

CRUELDADE

PROTEÇÃO ANIMAL

ALERTA

VITÓRIA

INVESTIGAÇÃO

FLÓRIDA


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>