Empresa de viagens se posiciona contra exploração de elefantes em passeios turísticos


“A Lonely Planet não recomenda aos viajantes que façam passeios com elefantes”, disse Ellie Simpson, analista de comunicação da Lonely Planet Travelller.

Elefante na natureza
Foto: Reprodução, VegNews

“Nosso guia de conteúdo é produzido de acordo com nosso guia editorial, onde consta: ‘A Lonely Planet não perdoa a crueldade animal”, acrescentou.

Simpson explicou que a companhia criou um conteúdo sobre os passeios com elefantes, mas sempre coloca uma declaração para impedir que os leitores participem dessa prática cruel, segundo o VegNews.

“Omitir todas as menções sobre passeios de elefantes poderia fazer com que os viajantes causassem danos aos animais inconscientemente porque eles não entendem que essa prática é prejudicial. A Lonely Planet atualmente se esforça para promover viagens responsáveis e revisar regularmente nossos princípios e conteúdos editoriais”, disse.

A empresa de viagens fez a declaração após a criação de uma petição pelo ativista Lacey Kohlmoos, membro do Care2 (o braço de direitos animais da PETA dirigido ao público jovem), alcançar mais de 150 mil assinaturas e questionar se a Lonely Planet deixaria de promover os passeios com elefantes.

No início desse ano, o TripAdvisor adotou uma medida semelhante contra a crueldade animal ao mudar sua política e proibir a venda de ingressos para eventos que exploram animais como entretenimento.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

CANADÁ

ABRAÇO ANIMAL

DENÚNCIA

JAPÃO

PRESERVAÇÃO

DESESPERO

CONSOLO


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>