CONTEÚDO ANDA

Direitos autorais em prol dos animais em extinção

Zoólogo fez proposta para arrecadação de recursos financeiros a partir de direitos autorais de imagens de animais silvestres utilizados no mercado.

230

12/08/2017 às 11:30
Por Janaína Fernandes, ANDA

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Quem lucra com a vida selvagem pode contribuir para a preservação (Foto: Divulgação)

Escolhido para ilustrar uma campanha publicitária na televisão britânica para um site de comparação de preços, o suricato, animal nativo da África, é um exemplo entre tantos animais que tem fotografias utilizadas nas mídias. O uso dessas imagens poderia resultar em ajuda financeira para a preservação das espécies, como uma forma de divulgação sobre o risco de extinção.

Diante da falta de contribuição para a causa, o zoologista da Universidade de Oxford, David Macdonald, juntamente com dois colegas, Caroline Good e Dawn Burnham, publicaram um artigo que questionava se os que lucram com representações culturais da vida selvagem poderiam contribuir para a preservação dos animais, muitos deles ameaçados de extinção.

Além disso, após o caso do assassinato de um leão em Zimbábue, Macdonald e os colegas fizeram uma proposta para a Premier League, uma das ligas profissionais de futebol mais ricas do mundo, cuja logomarca é um leão, para investir £1 (US$1,30), em cada uma das 5 milhões de camisetas vendidas com esse logo todos os anos. O objetivo era de reverter parte da arrecadação para parques e áreas voltados à proteção de leões em lugares ameaçados por caçadores. A proposta não se concretizou.

No Brasil, em 2014, os organizadores da Copa do Mundo no Brasil escolheram como mascote um tatu-bola, apelidado de Fuleco, uma mistura de “futebol” com “ecologia”. A pedido de pesquisadores locais, a Fifa e o governo brasileiro comprometeram-se a pagar em conjunto pela proteção de 1.000 hectares de habitats de tatus-bola por cada gol marcado na competição. O marketing do Fuleco arrecadou milhões de dólares, mas a Fifa e o governo brasileiro não cumpriram o prometido.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.