Protetores solares podem causar a morte de recifes de corais


Os recifes, que já estão ameaçados pelo aumento das temperaturas marítimas, também podem sofrer branqueamento devido às concentrações relativamente baixas de oxibenzona, um ingrediente comum do protetor solar, disseram os pesquisadores.

Mulher passando protetor solar
Foto: Getty

Porém, agora os cientistas encontraram uma solução para as “nanopartículas” magnetizadas absorverem a oxibenzona como uma esponja do mar.

Elas foram modificadas para se conectar especificamente à oxibenzona quando são carregadas pela água poluída. Os especialistas esperam usar o agente para limpar a água do mar nas praias.

Felix Roman, da Universidade de Porto Rico, declarou: “O branqueamento de corais pela oxibenzona é um problema difícil, mas não impossível. A ideia é que, se você derramar [as nanopartículas] na água, você pode removê-la com um ímã”.

Uma estudante de graduação no laboratório de roma, Ana Zapata, utilizou protetor solar contendo oxibenzona e entrou no oceano.

“Você conseguia ver o protetor solar lixiviando na água, então peguei aquela água para análise no laboratório”, explicou.

Em uma hora, 95% da oxibenzona foi retirada, informou o The Sun.

Roman espera que, no futuro, as pessoas possam arrastar uma rede repleta de grânulos magnéticos perto de corais vulneráveis para ajudar retirar os contaminantes.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.

Você viu?

CONSERVAÇÃO

MUDANÇAS CLIMÁTICAS

MAUS-TRATOS

HABITATS DESTRUÍDOS

OMISSÃO

ECONOMIA CIRCULAR

DEDICAÇÃO

TECONOLOGIA


LEIA EM PRIMEIRA MÃO AS NOTÍCIAS MAIS ANIMAIS DO MUNDO

>